A Ilha do Pico, a segunda maior ilha dos Açores é conhecida principalmente por ser o local onde se encontra a maior montanha de Portugal, o Pico, que se ergue a 2351mt. Mas quem a visita descobre uma ilha repleta de paisagens de incrível beleza que tanto nos fazem sentir como se estivéssemos noutro planeta, como nos fazem sentir como se tivéssemos chegado ao paraíso. A gastronomia deliciosa e a hospitalidade e simpatia genuína do seu povo, a que na verdade os Açores já nos habituaram, fazem com que a Ilha do Pico seja um destino a incluir o quanto antes na lista das próximas viagens.

Vista da Ilha do PicoLocalização

A Ilha do Pico insere-se no grupo das “Ilhas Triàngulo” do Grupo Central, onde também se encontram o Faial e São Jorge. Encontra-se a cerca de 8kms de distância do Faial, e a 15km de São Jorge.

Algumas curiosidades sobre a Ilha do Pico

• A Montanha do Pico é a mais elevada de Portugal, a uma altitude de 2351mt
• A Paisagem Vulcânica do Pico foi considerada uma das 7 Maravilhas Naturais de Portugal.
• O Parque Natural da ilha do Pico é o maior parque natural dos Açores.
• A Ilha do Pico está representada na página 20 do Passaporte português.
• Os habitantes do concelho de São Roque do Pico são dos portugueses que registam maior esperança de vida.
• A zona sul da Ilha foi considerada a zona de observação de baleias mais famosa do mundo.
• O Pico é um exemplo a seguir em termos de desenvolvimento ambiental sustentável.

Como ir para a Ilha do Pico

Tanto a Azores Airlines como a TAP já operam voos diretos para a Ilha do Pico. No entanto, caso procures soluções mais económicas para lá chegar, poderás sempre optar por voar para uma das outras ilhas, onde existem normalmente opções de voo low cost, como São Miguel ou a Terceira e daí apanhar outro voo “interno” para o Pico (aproveita o encaminhamento inter-ilhas gratuito da SATA) ou então voar inicialmente para o Faial e daí seguir de ferry para o Pico numa viagem de apenas 30 minutos. Os bilhetes para o Ferry poderão ser adquiridos diretamente na bilheteira ou online através do site Atlânticoline.

Voos para o Pico

 

Ferry entre o Faial e a Ilha do Pico

Travessia de ferry entre o Pico e o Faial

Transportes na Ilha do Pico

A melhor forma de te deslocares na Ilha do Pico é de carro, à semelhança de todas as outras ilhas. Faz uma pesquisa através do site Rentalcars para descobrires as melhores opções entre as várias companhias de aluguer de carro disponíveis na ilha.

Alugar carro no Pico

 

Vista junto à costa

Onde ficar

Apesar de ser a segunda maior ilha dos Açores, a Ilha do Pico não é propriamente grande, consegues percorrer os cerca de 42km de extensão da ilha de carro de um lado ao outro em apenas 1 hora, pelo que a importância da escolha da localização se prenderá essencialmente com o teu gosto e preferências. É composta por 3 concelhos: Madalena, São Roque e Lajes do Pico que abrangem várias freguesias. Eu fiquei alojada nas Adegas do Pico, na zona da Prainha de Baixo, no concelho de São Roque, mesmo em frente ao mar. Eles têm várias casas disponíveis, dependendo do número de pessoas a alojar. A mim calhou-me a Casa do Farol, com 2 quartos, extremamente bem equipada e decorada de uma forma muito autêntica e com muito gosto. A zona é muito calminha e a uma curta distância a pé da casa encontram-se as piscinas naturais. Recomendo!

Madalena

A Madalena está localizada diretamente em frente à Horta, no Faial. É aqui que se encontra um dos portos onde atracam os ferries na Ilha do Pico, e onde se localiza também o aeroporto da ilha. A par da sua vantajosa localização geográfica, é também uma zona de forte vitivinicultura.

Alojamento na Madalena

 

São Roque do Pico

É em São Roque que se encontra o segundo porto de ferries, pelo que poderá ser uma excelente opção caso venhas de ferry a partir do Faial ou de São Jorge. A zona é conhecida também como a “Capital do Turismo Rural” devido à elevada concentração de casas tradicionais disponíveis para aluguer.

Alojamento São Roque do Pico

 

Lajes do Pico

Um dos grandes atrativos das Lajes do Pico, localizada na zona sudeste da ilha, é a possibilidade que oferece aos seus visitantes de avistar baleias, golfinhos e outras espécies marinhas em pleno Oceano Atlântico.

Alojamento Lajes do Pico

 

Adegas do Pico

Foto de Adegas do PIco

Onde comer

Aqui, tanto os amantes de carne como os de peixe, e especialmente de marisco, verão as suas papilas gustativas altamente satisfeitas. Entre os pratos e iguarias típicas da ilha encontram-se a linguiça com inhame, a molha de carne, o caldo de peixe e o polvo guisado com vinho de cheiro. A acompanhar um dos vinhos da Ilha. Pessoalmente recomendo o Farias Branco que descobri na minha passagem pela Ilha das Flores, no restaurante da Aldeia da Cuada e que hoje em dia é um dos meus preferidos.

Sugestões de Restaurantes:

Café Cinq (Madalena) | Um restaurante pequenino, no centro da vila da Madalena, mas que compensa pelo ambiente e pela qualidade da comida. Sugiro as deliciosas lulas guisadas com batata doce!
Morada: Rua Carlos Dabney 5, 9950-327 Madalena  | Tlf: +351 292 623 970 | Website: Café Cinq

Cella Bar (Madalena) | Conhecido como “o bar mais bonito do mundo”, o Cella Bar é de facto um local muito especial, com uma arquitetura e vista de deixarem qualquer um encantado. É também um restaurante.
Morada: Rua Da Barca, 9950-303 Madalena | Tlf: +351 292 623 654 | Website: Cella Bar

Ancoradouro (Madalena) | Não cheguei a ter oportunidade de visitar este restaurante, mas sempre que pedia referências de restaurantes, era sempre um dos que constavam da lista. Se lá fores sugiro que faças reserva prévia e que proves o Caldo de Peixe (que também deverá ser encomendado com antecedência.
Morada: Rua João de Lima Whitton, Madalena | Tlf: +351 292 623 490 | Website: Ancoradouro

Magma (São Roque do Pico) | Um restaurante incrível, com uma vista lind

íssima (especialmente ao pôr do sol) e uma decoração elegante, inserido no conjunto turístico Lava Homes. Recomenda-se reserva prévia.
Morada: Travessa do Outeiro das Eiras 2A, 9940-185 São Roque do Pico | Tlf: +351 292 241 200 | Website: Magma

Adega Açoriana (Prainha de Baixo) | Este restaurante ficava perto da casa onde fiquei alojada no Pico mas foi outro a que infelizmente (com mesmo muita pena minha) não consegui ter oportunidade de ir. Aqui esperam-te tapas e vinhos açorianos com uma vista direta sobre o mar, mesmo em frente às piscinas naturais da Prainha de Baixo.
Morada: Rua da Poça Branca, 43, Prainha De Baixo | Tlf: +351 292 655 211 | Website: Adega Açoriana

O que visitar e fazer na Ilha do Pico

Gruta das Torres

Gruta das Torres

Se a ideia de visitar o maior tubo lávico de Portugal te interessa, então terás obrigatoriamente de incluir uma visita à Gruta das Torres, no Pico. Com uma extensão de 5150m, estima-se que a sua formação tenha tido origem há cerca de 1500 anos atrás. Durante 1 hora o visitante é levado a percorrer cerca de 450m da gruta, em total escuridão (apenas interrompida graças às lanternas que lhe são dadas à entrada), observando os vestígios da passagem da lava por aquele local. O bilhete para um adulto tem o valor de €8.

Mais info: Gruta das Torres.

Subir a Montanha do Pico

Montanha do Pico

Esta é, sem dúvida, a maior atração da ilha. A subida (e descida) ao topo da montanha atrai milhares de visitantes todos os anos que ali acorrem quer por uma necessidade de testarem os seus limites, quer pela ideia de terem a incrível experiência de verem o nascer do sol num local único. A subida obriga ao registo na Casa da Montanha, um ponto de paragem obrigatório para todos os visitantes, onde recebem também um equipamento de rastreio (GPS) por uma questão de segurança. Poderás optar por realizar a subida na companhia de um guia, através de uma das várias agências que oferecem esta atividade, ou de forma autónoma, e optar também por uma subida diurna, uma subida noturna (com inicio de madrugada para ver o nascer do sol) ou uma subida com pernoita que te oferece a possibilidade de assistires ao por do sol, dormires na cratera e assistires depois ao nascer do sol ao acordar.

Mais info: Subida ao Pico

Museu do Vinho
Museu do Vinho

Foto de Museu do Vinho

Localizado junto à Madalena, o Museu do Vinho é passagem obrigatória para quem queira saber um pouco mais sobre a pitoresca e única cultura do vinho na Ilha do Pico. O Museu está inserido na antiga Casa Conventual dos Carmelitas, o que lhe confere um interesse histórico adicional. Aqui encontras também a maior concentração de dragoeiros do país, entre os quais se encontra um espécime em particular que se diz ser o mais antigo dos Açores.

Mais info: Museu do Vinho

Lajido da Criação Velha (Paisagem da Cultura da Vinha da Ilha do Pico)

Lajido da Criação Velha perto da Madalena

As Vinhas da Criação Velha, classificadas como Património da Humanidade pela UNESCO em 2004, constituem uma das paisagens mais incríveis dos Açores. As vinhas continuam aqui a ser plantadas em pequenos lotes de solo negro cercados por muros de pedra vulcânica que as protegem do vento, seguindo técnicas ancestrais. Na zona do Lajido da Criação Velha encontra-se ainda um antigo moinho tradicional extremamente bem conservado (Moinho do Frade), cuja cor vermelha oferece um contraste extraordinário com o negro e verde da paisagem negra e verde envolvente, e de cujo topo consegues avistar a vasta extensão das vinhas.

Observação de baleias e golfinhos

Golfinhos em frente à Ilha do Pico

A Ilha do Pico é uma das melhores bases para observação de baleias e golfinhos nos Açores. Eu tive a oportunidade de experimentar um tour do Espaço Talassa nas Lajes do Pico, que recomendo. Este é um dos promotores de tours para avistamento de baleias e golfinhos mais antigos da Ilha do Pico, estando em operação desde 1989. Os tours são realizados tendo em conta um impacto mínimo no meio ambiente e desde 2017 que não promovem mergulhos com golfinhos, devido à destabilização que provoca no bem estar destes animais. Os barcos são ótimos, com capacidade máxima de 12 pessoas, e os tours acompanhados por biólogos marinhos que te vão dando informações úteis sobre os animais avistados. No tour que fiz, no início de junho, consegui avistar 3 espécies diferentes de baleias, golfinhos e tartarugas!

Mais info: Espaço Talassa

Lagoa do Capitão

Lagoa do Capitão

Existem várias Lagoas na Ilha do Pico que poderás visitar, mas esta foi sem dúvida a que mais me encantou. Num dia de sol radiante, que até me permitia ver a montanha do Pico totalmente descoberta (algo muito raro), encontrei na Lagoa do Capitão a representação do que para mim se assemelhou ao paraíso. Quatro vaquinhas, entre as quais 2 bezerros totalmente brancos que se aproximaram de mim sem medo, pastavam no prado verde, alguns patos passeavam lentamente junto à lagoa, e até os pássaros se aproximavam sem medo. Vale muito a pena uma visita em dias de sol.

Piscinas naturais

PIscinas naturais na Ilha do Pico

Existem várias piscinas naturais na Ilha do Pico onde poderás aproveitar para te refrescares um pouco, especialmente durante os meses de verão. Basicamente tratam-se de piscinas formadas pela entrada da água do mar em espaços rodeados por rochas, junto ao mar. Aos espaços existentes foram criadas algumas infraestruturas para permitir um acesso facilitado e para oferecer espaços de estar entre mergulhos.

Algumas piscinas na Ilha do Pico

  • Piscinas de São Roque do Pico
  • Poça Branca (Prainha de Baixo)
  • Baía de Canas (São Roque do Pico)
  • Zona Balnear de Areia Funda (Madalena)
  • Laja das Rosas (Lajido da Criação Velha)
  • Piscina Natural de São Mateus (São Mateus)
  • Poça das Mujas (Calheta de Nesquim)
Farol da Ponta da Ilha

Farol da Ponta da Ilha

Localizado na ponta mais a este, na Manhenha, este é o maior farol da Ilha do Pico, apesar de ser dos mais recentes dos Açores, tendo entrado em funcionamento apenas em 1946. O farol está aberto a visitas gratuitas todas as quartas-feiras, das 14h às 17h no verão e das 13h30-16h30 nos outros períodos do ano.

Outros locais a visitar:
  • Forte de Santa Catarina (Lajes do Pico)
    Um forte datado do século XVIII do qual ainda é possível ver as ruínas de um antigo posto de vigia que oferece vistas ininterrompidas sobra a costa sul da ilha e o oceano Atlântico.

 

  • Igreja da Santíssima Trindade (Lajes do Pico)
    Se visitares as Lajes do Pico, esta igreja, datada do século XIX, não te passará despercebida pela sua beleza arquitetónica.

 

  • Miradouro da Terra Alta (Lugar da Ladeira da Terra Alta)
    A uma altitude de 415mt, este miradouro oferece-te fantásticas vistas sobre a Ilha de São Jorge e o Oceano Atlântico.

 

  • Parque Florestal da Prainha do Norte (Prainha do Norte)
    Aqui encontras um parque florestal extremamente bem cuidado, com várias infraestruturas de apoio, um moinho tradicional, e como não podia deixar de ser, vistas incríveis sobre o oceano e a costa norte da ilha.

Gostaste do artigo? Então não te esqueças de deixar um comentário abaixo e de seguires o Joland através do Instagram e Facebook!

Este artigo poderá conter links de afiliados.

☆ Aproveita o desconto de 5% para seguidores do Joland na compra de um Seguro de Viagem IATI através deste link: Seguro de Viagem IATI ☆ 
➪ Planeia a tua viagem com estes links úteis

Alojamento:
Para reservas de alojamento uso sempre o Booking ou o AirBnb.

Reservar Voos:
Para encontrares os melhores voos para as tuas viagens recomendo o Skyscanner.

Seguro de Viagem:
Para te manteres segura em viagem recorre aos seguros da IATI Seguros* ou da World Nomads
* aproveita o desconto de 5% nos seguros da IATI ao reservares através do link acima

Tours e Atividades:
Para reserva de tours e atividades em vários destinos recomendo a Get Your Guide

Alugar Carro:
Para alugar carro uso sempre a Rentalcars.com

Transportes
Para compra de bilhetes para transportes na Ásia recomendo o 12go.asia ou o Baolau